Thursday, July 20, 2006

O pesado Livro dos Porquês

O que é a felicidade?
Um conjunto de circunstâncias?
Ou um estado de espírito, sejam quais forem as circunstâncias?
...
O que é a felicidade?
É-se ou sente-se?
...
O que é a felicidade?
É uma sensação de realização, pelo que se tem na vida?
Ou é um sentimento acoplado ao verbo viver?
...
O que é a felicidade?
É transcendente e inesgotável, plena e constante?
Ou podemos ser ou fingir que somos felizes só porque conseguimos apreciar a perfeição de uma flor, só porque sentimos vibrar as cordas do coração quando ouvimos a melodia de um melro, vemos uma onda a dobrar, sentimos o cheiro de castanhas assadas em soalheira tarde de Outono?
...
Em que se traduz a felicidade? Em quê, exactamente?
Amor? Filhos? Saúde? Conforto? Dinheiro?
E quem não tem amor ou filhos, pode ser feliz?
E que dizer de quem não tem dinheiro nem conforto, e é feliz?
...
A felicidade é individual?
...
Quanto dura a felicidade?
Quanto custa a felicidade?
...
Porque somos felizes?
Porque fingimos ser felizes?
Porque não somos todos felizes?

22 Comments:

Blogger patchouly said...

Nem sei o que te diga, por onde começe, por onde pegue... Nada tenho de terrivelmente espirituoso ou apenas levemente mordaz para escrever; nem sequer nada minimamente inteligente...

Deve ser do adiantado da hora; Deve ser do peso do texto.

Sempre te digo- acho que feliz se está, não se é.

20 July, 2006 02:24  
Blogger Pitucha said...

Creio que se souberemos aproveitar o melhor de cada situação poderemos ser felizes, em cada situação. A felicidade total é um mito (até porque só a reconhecemos porque, por vezes, não o somos) é uma busca permanente, é o nosso Santo Graal.
Espero que, todos os dias, avances um pouco nessa busca...
Sê feliz!
Beijos

20 July, 2006 08:28  
Blogger Nelson Reprezas said...

Acordar e dar com um post destes (potente, é assim que se diz?) :)) pode ser letal. Vou mastigar o post até chegar ao escritório e depois comento. Se calhar uma resposta de duas linhas, simples e clara, sem grandes tiradas, ilustrará com fidelidade o que a felicidade é ou poderá ser. Mas como tenho de ler o post outra vez, vou-me calar. Mas há uma coisa que te deixo aqui lavrada desde já. Não acredito em felicidades do momento nem por etapas. As pessoas são felizes ou não são. A procura da felicidade (legítima) ou a felicidade tipo "deixa cá aproveitar que amanhã posso ser infeliz outra vez" (igualmente legítima, cada um é como é...)normalmente conduz a uma infelicidade terrível. Acredito na felicidade como um desiderato expontâneo, isento de planos ou estratégias e como uma base de partilha de bons e maus momentos. Se a isto conseguirmos juntar o indispensável toque romãntico, auto-estima (esta parte é importante)e reconhecimento pela suprema sensação de dádiva entre pessoas, pode estar aqui uma receita para a felicidade. Felicidade simples, sem arrebiques, mas felicidade. O resto... são cataplasmas circunstanciais (naturalmente legítimas e à medida do dono)
:))
Mas, como te disse, tenho de ler o post outra vez e comentar em mais pormenor, deixo-te aqui só esta linha. Ou foram mais? Mas que queres? Sou feliz assim - palavroso e isuportavelmente fútil, pelo menos às vezes.
beijinhos felizes

20 July, 2006 10:29  
Blogger JC said...

Há quem diga que a felicidade é aquele estúpido sorriso de papel que anda na cara dos outros, para mim felicidade é quando não sinto arrependimento nem tristeza, é pedalar, saltar, mergulhar, fazer bolas de sabão, caminhar nos dias de grande ventania sem pensar na busca da felicidade!

20 July, 2006 10:33  
Blogger Sinapse said...

É verdade, Patchouly, que este texto não se presta a comentários espirituosos ou mordazes ...

... mas de cada comentário nesta caixa retiro uma frase 'verdadeira' ... apesar de todos sabermos que não há 'verdades' nem temos respostas para as perguntas do texto.

Eu também acho que feliz se está, não se é. Porque a felicidade [...] é o nosso Santo Graal. Mas, paradoxalmente, acho muitíssimo que as pessoas são felizes ou não são - talvez a felicidade seja algo como um dom ...

Ou talvez o importante seja mesmo não pensar na busca da felicidade!

...

Desculpem-me o texto pesado ... e desculpem-me se porventura vos é incómodo o confronto com estas perguntas ou temas.

... eu sei que num outro post, há uns meses, tinha definido o Postais de BXL como um blog light, ultra-light ... mas de vez em quando ...

20 July, 2006 11:16  
Blogger Sinapse said...

- Disclaimer -

Este post não é pessoal - não aconteceu nada, está tudo bem.
Este post é pessoal - na medida em que são interrogações minhas, reflexões antigas, momentos sinápticos!

Beijos, felizes ou contentes,
Sinapse

20 July, 2006 12:59  
Blogger 125_azul said...

E lá vinha eu, feliz por vir ler-te.
E lá vou eu, cheia de dúvidas agora...
Muito bem perguntado! Beijinhos

20 July, 2006 13:01  
Blogger anamoris said...

A Felicidade como conceito é a Utopia suprema.
Existem apenas momentos felizes nas nossas vidas que devemos saborear intensamente.
Beijos

20 July, 2006 13:38  
Blogger Carlota said...

Ó Sinapse, ó Sinapse...
Terá sido a ventania que se levantou de repente ontem à noite?
Terão sido aquelas batatas fritas au basilic?
Ou terá sido o gelo da coca-cola?
:)
O número de pessoas que responderem às tuas perguntas sera igual ao número de respostas diferentes que terás.
A felicidade é uma coisa muuuito subjectiva. Cada um sabe da sua. Ou procura-a, se não sabe dela. E, ainda assim, o próprio conceito de felicidade de cada um não é imutável.

Portanto, não penses muito sobre o assunto, mas faz o favor de ser feliz!

Beijola.

Ah! E, last but not least, excelente post!

20 July, 2006 16:31  
Blogger Xana said...

Mas como dizia já não sei quem "Se queres ser feliz não aprofundes ..." ;)

20 July, 2006 20:39  
Blogger K'os said...

felicidade
tão subjectivo e tão relativo

às vezes a feliciddae pode estar num simples beber um copo de leite, depende do que levou a beber o copo de leite, como, onde e os porquês de tal

além de que nunca se está bem, e quando se está arranja-se algo para logo ficar um pouco "mal"
alguém dizia e define um pouco a inconstância da felicidade "estou bem aonde não estou porque sou quero ir aonde não vou"


:)

20 July, 2006 22:20  
Blogger dakidali said...

Eu também acho que se "está feliz" e não se "é feliz". Um estado passageiro que vai e volta, momentos da vida.
Beijinhos

21 July, 2006 00:26  
Blogger intruso said...

...talvez não saibamos ser felizes, talvez não consigamos reconhecer a felicidade mesmo quando estamos perto... mesmo quando o somos :)
acho que a felicidade acontece muitas vezes (ainda bem)! ...e é incompleta, inconstante e imperfeita (e ainda bem...)

abraço

p.s.(obrigado pelo link aqui nos "postais...")

p.s.1 (belo post, este sobre "felicidade"... infindável tema)

21 July, 2006 00:26  
Blogger TR said...

É muito mais difícil ser feliz do que infeliz...

21 July, 2006 01:05  
Blogger Laura Lara said...

Felicidade pode ser o riso duma criança.
Felicidade pode ser ajudar quem precisa.
Felicidade pode ser ler um bom livro.
Felicidade pode ser recordar um amigo.
Felicidade pode ser não esquecer um amigo.
Felicidade pode ser aceitar a adversidade.
Felicidade pode ser passear ao longo da praia.
Felicidade pode ser tanta coisa que só depende de nós descobri-la ou construí-la.

21 July, 2006 02:14  
Blogger princesa said...

Bom Dia Amiguita!
Não sou a melhor pessoa para te responder mas para mim a felicidade, resume-se á constatação de facto:

Achas mesmo que com a familia que temos, os amigos que temos, o trabalho que temos,a casa que temos, o carro... podemos dizer que não somos felizes!

Se calhar somos uns ingratos e não damos valor ao que temos....

Desculpa a franqueza...mas a felicidade vive-se e alimenta-se do nosso dia a dia, até com os momentos menos bons...

Um beijo

21 July, 2006 11:54  
Blogger rafaela said...

Não era suposto a felicidade ser simples?


=)

21 July, 2006 13:34  
Blogger Sinapse said...

ooooh, ó 125_azul ... não queria deixar-te nesse estado de alma ... :(

Espero que entretanto se tenham dissipado essas dúvidas insidiosas!... xô-xô dúvidas!

Beijinhos,
Sinapse


anamoris, dou por mim a concordar com quase todas as respostas que me deixam neste post.

Beijinhos,
Sinapse


Carlota ... comentário muito ponderado! Gostei particularmente da tua observação final o próprio conceito de felicidade de cada um não é imutável.

Quanto a não pensar muito sobre este assunto ou outros assuntos ... a verdade é que cada vez penso menos ... e isso quer dizer, pelo menos in my book, que cada vez mais vou cedendo à alienação a que chamamos vida, sociedade, quotidiano, vida em sociedade, hipocrisia existencial, whatever, não encontro nome para essa alienação ... Mas isto dava outro post-pesado, e portanto é melhor não me estender muito ... ;)

Beijinhos, com sorrisos (misturar bem, e deixar arrefecer no frigorífico),
:))
Sinapse


Xana, gostei! adorei a frase!


Um outro olhar, tudo isso é verdade ... e ao mesmo tempo não quer dizer nada ... porque depende de pessoa para pessoa, não é?

Será que a felicidade é química??

...


dakidali, espero que tenhas muitos momentos felizes!
Beijinhos, :))
Sinapse


Intruso, ficam as perguntas no ar ... porque, como pode ver-se nesta caixa, há tantas respostas e nenhuma é definitiva ou conclusiva!

Beijinhos,
Sinapse


TR ... interessante ponto de vista!


Laura Lara eu também acho que pode ser isso tudo ... mas por vezes parece-me que sentimos assim porque fomos ensinados a sentir assim ... parece-me que forçamos a felicidade, que a felicidade se transformou num must have, mas que poucos sabem se são ou não felizes ... ou ... poucos são/sentem ...
... e ai que já estou a divagar sem rumo!...
Fico por aqui, com beijinhos,
Sinapse


LxExpo, gostei da escolha de palavras ... constatação de facto ...
A felicidade constatada! :))
Beijinhos, a ti que és feliz! :)
Sinapse


Rafaela ... o teu comentário fez-me pensar na Mafaldinha (Quino) ... Não tentes perceber porquê ... são os insondáveis mistérios das sinapses! ;)))
Pois é, fizeste-me pensar naquela amiguinha da Mafalda ... a Liberdade. A Liberdade tinha a mania que era simples, e depois complicava os diálogos todos com a Mafalda, o Filipe, o Miguelito ...

Pois a felicidade ...

Beijinhos, :))
Sinapse

21 July, 2006 19:27  
Blogger Sinapse said...

- Shiny Happy People laughing -

21 July, 2006 19:28  
Blogger Sinapse said...

Tristeza não tem fim
Felicidade, sim


António Carlos Jobim - Vinícius de Moraes

21 July, 2006 19:31  
Blogger Nelson Reprezas said...

Bom... e depois destas considerações todas, cadê o post de sexta?
:)

21 July, 2006 22:26  
Blogger Sinapse said...

O post de sexta saiu ao Sábado, senhoras e senhores!

E vai ter de durar o fim-de-semana todo, por isso sejam parcimoniosos!

;)


Beijos, bom fim-de-semana!
Sinapse

22 July, 2006 09:43  

Post a comment

<< Home

Newer›  ‹Older