Tuesday, July 19, 2011

momento Nostalgia

Para participar na iniciativa do Crónicas do Rochedo, desencantei um post - e umas memórias - do fundo do baú. Desta vez, com fotografia!


A Praia da Memória era uma das praias para onde íamos nas férias grandes. Era essa e a Praia dos Beijinhos. Uma em Leça, a outra em Perafita, ambas em Matosinhos. Mas isso da geografia não é essencial. Interessa é que os pãezinhos com fiambre tinham um sabor irrepetível. E os iogurtes da nossa infância - lembram-se dos Longa Vida de chocolate? - sabiam-me sempre melhor na praia. E uvas fresquinhas e peras sumarentas, que delícia ... também me sabiam melhor na praia. E, como já sabem pelo outro post, bebíamos Compal de pêssego. Esse sabor ficou para sempre associado a memórias da minha infância.
Não sei se era do iodo, se daquele mar gelado, se das correrias na areia ou de passar horas a saltar das dunas, com os meus primos, as toalhas amarradas ao pescoço a fazer de capas para nós podermos fazer de super-homem ... mas, fosse lá porque fosse, a verdade é que quando chegava a hora do almoço, ou do lanche, tudo o que saía daquelas caixinhas tupperware era delicioso! No fim comíamos Epás ... o que eu mais gostava nos Epás era aquele bocadinho no fundo do cone, em que o gelado ficava tingido da cor da chiclete.
E nesse tempo, não conhecíamos nacionalidades nem patriotismos. Só havia uma bandeira que nos interessava ... e o que interessava era saber se a bandeira estava verde! ... e importava muito tentar contornar uma bandeira amarela esgrimindo argumentos de criança contra a autoridade dos pais.
Lembro-me tão bem do cheiro dos cremes Nívea. E de coleccionar beijinhos - conchas, claro! E das cores alegres dos baldes, pás e ancinhos.
Felizes memórias ... na Praia da Memória.
Foi mais um momento Nostalgia, aqui no Postais de BXL.

Labels: , ,

8 Comments:

Blogger Carlos Barbosa de Oliveira said...

Antes de mais, obrigado pela sua participação. Amanhã farei link lá no CR e roubo-lhe a imagem:-)))
Com que então Praia dos Beijinhos e da Memória?
Não nos teremos cruzado, porque somos de gerações muito diferentes e qaundo começou a ir para lá já eu devia andar por terras bem distantes, mas bem se pode dizer que pisámos as mesmas areias, não é verdade?
Uma vez mais obrigado pela sua participação.

19 July, 2011 13:56  
Blogger Rosa dos Ventos said...

Belíssima memória da Praia da Memória!
Pela narrativa estou perante uma jovem portuguesa que se encontra entre os 30/40 anos...
Peço desculpa por este comentário mas revi os meus filhos nele, numa outra praia! :-))

Abraço

Claro que venho do Rochedo!

20 July, 2011 13:08  
Blogger Sinapse said...

Adorei o comentario, Rosa dos Ventos. E' que acertou na mouche!!
Obrigada pela visita! :)

20 July, 2011 13:11  
Blogger Sinapse said...

Carlos, obrigada pela referencia la no CR!
Tem razao! este post deve ser lido ja depois do almoco, quando sobra apenas espacinho para um Epá! ;)

Estou em NY! ... mas ja morei uns anos em Bruxelas e este blog nasceu precisamente em Bruxelas (BXL).

A fotografia do famoso Obelisco da Memoria nao e' minha ... achei-a e roubei-a (com a devida identificacao) dos resultados de uma pesquisa no google images.

Beijinhos, daqui da Big Apple,
Sinapse

20 July, 2011 13:17  
Blogger Eva Gonçalves said...

Vim pela mão das crónicas do rochedo. Esta praia eu conheço bem!! E lembro-me dela...:)) Abraço

20 July, 2011 13:21  
Blogger Carlos Barbosa de Oliveira said...

EPor outros posts que li no NYC também me parecia que devia viver em NY e não em Bruxelas, mas não tinha a certeza...
Pela sua resposta ao comentário da Rosa dos Ventos, quando eu vivia nos Estados Unidos (Washington), devia a minha amiga andar de balde e pazinha pela Praia da Memória
:-)))
E assim se vê como 30 anos passam num ápice!
Uma vez mais, obrigado pela participação.

20 July, 2011 13:41  
Blogger Andorinha said...

Lembro-me tão bem do sabor dos bicos de pato com fiambre! Nunca mais souberam ao mesmo...
Bonito texto! Beijos

22 July, 2011 13:14  
Blogger Sinapse said...

Isso!!! Bicos-de-pato com fiambre! aaahh, delicia! mas impossivel repetir o mesmo sabor, nao e'?

22 July, 2011 13:35  

Post a comment

<< Home

Newer›  ‹Older