Monday, January 03, 2011

post medley, megamix

* este post pode ser lido de baixo para cima, cronologicamente
Monday, Monday ...
E pronto ... começou o ano e logo logo começou a primeira semana do ano ... e tal como anunciei no incontornável facebook, "the first Monday of the year was the most difficult to overcome ... I'm now ready for the rest of the year". E curiosa para viver, saber, ver tudo o que vai acontecer entre 1.1.11 e 11.11.11 ;-) ... sim, porque depois de 11.11.11, já se sabe, é um saltinho até Dezembro, as férias de Natal, o fim do ano ...
Start wearing purple, wearing purple
O dia 1.1.11. não se ficou pela brunch-party no Plaza. À noite, concerto dos Gogol Bordello. Gipsy punk. Brutal! Adorei! que excelente maneira de começar o ano!
The Oak Room at The Plaza
The Plaza. O Hotel é mítico. Localização privilegiada, com frente para o Central Park e frente para a 5th Avenue. Muita história e muitas histórias, desde 1907. Acho que mais ou menos todos conhecemos o Hotel através de filmes e séries de televisão. No Plaza, o Oak Room faz parte do mito, em estilo renaissance. Pode ser descrito como classic old New York. Dark woods, murals, everything speaks to the history of the hotel, and fortunately this space was virtually untouched during the massive renovation of The Plaza. Comfy wing chairs, a massive oak bar (hence the name) ... blablablabla ... Agora imaginem o mesmo cenário mas com DJ, luzes psicadélicas, meninos ricos do upper east side, very "gossip girl", a dançar em cima das mesas, a verter champanhe, ... São as brunch-parties de Sábado, organizadas pelos irmãos Koch. Derek & Daniel Koch, Day&Night. Revolucionaram os brunches nova-iorquinos, lançando o conceito de brunch-party: party like at night, during the day. Os restaurantes transformam-se em autênticos clubs, everyone dancing on tables & chairs, throwing champagne, going wild! OK, do you get the picture? Pois nós lá estivemos no dia 1 de Janeiro. Infelizmente, a festa foi um grande flop! Mas valeu a experiência, deu para extrapolar como teria sido num outro Sábado qualquer. Prometo descrições mais picant se for a outra festa destas. Xoxo,
SinapseGirl
What a start!
Regressei a NY no dia 30.12.10 ... ainda deu para um jantar no P.J. Clarke's e uma subida ao rooftop do Empire Hotel. Com sabor a Gossip Girl e uma vista privilegiada para o Lincoln Center. No dia 31.12.10, último dia do ano, última sexta-feira do ano ... estive no escritório. Mas quem, regressado de férias, vai trabalhar numa sexta-feira?! Fácil, quem já não tem nem mais uma horinha de férias para gozar. Mas a entidade patronal deu a tarde, pelo que eram 14h30 quando saí do escritório para o cabeleireiro e eram 16h00 quando cheguei a casa. Tive tempo de relaxar, antes de sair para o jantar de fim de ano. 1.1.11. O novo ano encontrou-nos a jantar no Macao Trading Co.. Um restaurante com sabor português, portuguese-chinese fusion ... e Super Bock na lista de bebidas. Curiosamente, o fim-de-ano foi organizado pelos meus amigos, casal americana-dinamarquês. O restaurante foi escolhido por eles, sem considerações portuguesas. Assim calhou. Do meu lado da mesa, a minha prima Sofia. Primeira passagem-de-ano juntas, se descontarmos as festas da infância entre bater de panelas e asneiradas cantadas em formato sugos de fruta. A Sofia está em NY por um mês e pico. Para um intercâmbio oftalmológico no Instituto do Olho. A Sofia e mais 4 colegas, o J, o S, a M e a M. Do outro lado da mesa, o viking Jesper, a yoggi Tatjana, o amigo Allan, e mais uns quantos amigos deles com quem não tive oportunidade de conversar. We danced the night away ou, pelo menos, até às 4h e tal da madrugada. Esperámos quase uma hora pelo metro e já eram 5h30 quando pousámos as cabeças nas almofadas. Mas estávamos determinados a aproveitar o primeiro dia do ano em NY e por isso encontrámo-nos todos para brunch no Oak Room do Plaza Hotel.
da velocidade do tempo e outras considerações
Passou mais um ano. E um defeito que vejo em 2010, quando olho de um determinado prisma, é ter representado mais um ano. Tenho uma resistência aguda ao passar dos anos. E é que até aproveito muito bem o meu tempo por cá, no nosso planet earth, mas mesmo assim parece-me que o tempo avança demasiado depressa. Deve ser por não ter filhos. What?! Não sei, é uma possível explicação que me ocorre assim de repente. Será que a angústia que sinto sobre o tempo passar demasiado rápido se deve ao facto de saber que há um deadline algures mais adiante? Em boa verdade, tenho que admitir que não ouço o tic-tac de nenhum relógio biológico. Mas não posso deixar de ponderar a eventualidade de abusar do snooze e depois descobrir que acordei tarde para a vida. Se é que a vida é isso ... ter filhos? Uma outra possível explicação prende-se com a ganância, a avidez, de viver mais e mais! ainda me falta ver tanto mundo, viver tantas experiências, e nunca parece haver tempo para tudo! não há tempo, não tenho tempo! Não sei. Só sei que tenho esta angústia temporal, uma resistência aguda ao passar dos anos. Whatever! Venha mas é daí o tal do 2011, mais um virar de página neste livro mágico que é a vida. Uma página em branco, um ano novo, e eu cá o vou enchendo de momentos e significados! E é isso que desejo para a família, amigos e todo esse arco-íris de pessoas de quem gosto: que o vosso novo ano seja bem preenchido e bem vivido!
Happy New Year! Feliz Ano Novo!

Labels: ,

2 Comments:

Blogger Andorinha said...

És uma pessoa mesmo gira! E como te compreendo!!

06 January, 2011 17:41  
Blogger Sinapse said...

:) Sofs!

Já que passaste por cá ... não queres dar palpites, mandar bitaites, dizer de tua justiça, quanto à fotografia que devo escolher? ... vá lá, vai lá espreitar o post do pim pam pum cada bola mata um ... ...

06 January, 2011 20:02  

Post a comment

<< Home

Newer›  ‹Older