Monday, November 26, 2007

momento Nostalgia

Quando a Abelha Maia passava na RTP, eu teria aí uns 5 ou 6 anos. Gostava de saber onde param os singles que ouvia compenetradamente, o do genérico da Abelha Maia, o do Vickie - hey hey hey, hey Vickie hey, levanta bem a vela - e também o do Fungágá da Bicharada. E havia um disco com uma história narrada em português-brasileiro - se a memória não me trai, era a história do porquinho que não sabia fazer oinc.
O porquinho oinc vai permanecer um mistério - a não ser que os meus Pais encontrem o single e me restituam esta memória de infância! Mas o genérico da Abelha Maia foi fácil de encontrar:

(memórias que despertaram ao ler este post no Blue Lounge)

Labels:

21 Comments:

Blogger Pitucha said...

Andamos numa de regresso ao passado? Pois eu é mais Carossel Mágico!
Beijos

26 November, 2007 09:07  
Blogger 125_azul said...

Ah, eu não tinha nada disso. Nada de Abelhas Maias e tal, na África minha não havia TV. Achas que isso justifica alguns dos meus traumas e assim?
E conta lá, compraste ou não na tal dia de não comprar nada? É que com os saldos da Macy's...
A Carlota pede demais, às vezes!!!
Beijinhos, semana feliz

26 November, 2007 10:43  
Blogger MRP said...

e o drama daquele pequenito que andava a correr o mundo atrás da maezinha e o episódio acabava sempre com o o desgracado do puto a ver a mae por um canudo... traumatizou uma geracao!

26 November, 2007 13:02  
Blogger Nelson Reprezas said...

Estou speechless... ou, como diria o Laurodérmio "já se acabou o peixe em Leça".
E eu que julgava que estas incursões pelo passado era maleita reservada aos Kotas...
Beijinhos surpreendidos

26 November, 2007 13:18  
Blogger pessoana said...

Epá, eu é mais o Darta Cão! Lembras-te desse? Ou já eras daquelas adolescentes-com-a-mania-que-não-vêem-desenhos-animados?:-)

26 November, 2007 13:43  
Anonymous Anonymous said...

"Tu andas sempre descalço, Tom Sawyer. Junto ao ria passera, Tom Sawyer... lalalalla!"

http://www.misteriojuvenil.com/tomsawyer/index.htm

:D

E a Ana dos Cabelos Ruivos?

26 November, 2007 14:07  
Blogger Skyman said...

Aqui estou com a Pitucha. Eu também era mais "Carrossel Mágico".
bjs

26 November, 2007 15:01  
Blogger Carlota said...

E destes, lembras-te?...

26 November, 2007 15:17  
Blogger Ariadne said...

E a Heidi dos Alpes? Ou o Nils que voava no dorso dos pássaros? Tudo personagens com olhos enormes, quase a esconder o trauma asiático em relacao ao resto do mundo...

26 November, 2007 15:43  
Blogger CITRA said...

Ainda recentemente fiz um post sobre esses tempos, mas esqueci-me do kalimero! O meu preferido era o Dartacão.

26 November, 2007 18:35  
Blogger Sinapse said...

eheheheheheheh, eu também via o Carrossel Mágico, Pitucha! ... devia ter uns 3 ou 4 anos!
Eu adorava o cãozinho com o pelo comprido, era ele que gostava de torrões de açúcar, não era?
São as memórias mais antigas que tenho da televisão ... o Carrossel Mágico e o Chico Escuro!! ... são memórias muito longínquas, de quando tinha uns 3 ou 4 anos ...


Skyman, como vês, também me lembro (vagamente) do Carrossel Mágico!


125_azul, mas tu tens traumas?! ;))
Espero que já estejas recomposta do teu susto de 6a-feira!
Quanto à minha 6a-feira - a Black Friday ... não fui às compras porque não me dou bem com multidões, filas para entrar na loja, filas para os vestiários, filas para pagar, encontrões, abafos, casacos, carteiras, sacos, e mais encontrões e calor, e abafo, e gente gente gente e filas e mais filas ...
Mas atrevi-me a fazer o tour das lojas no Sábado ... e apesar de os descontos já não serem tão atractivos, ainda comprei umas coisitas nos saldos!


O Marco, MRP!! não vás embora Mamã, gosto muito de ti ... lol! tens razão, que trauma! aquilo era dramático demais para consumo infantil!!

26 November, 2007 18:38  
Blogger Sinapse said...

Espumante, não me digas que ainda não tinhas reparado que este blog é muito nostálgico?!?

26 November, 2007 18:40  
Blogger Sinapse said...

ó Pessoana, claro que via o Dartacão!! eheheheheheeh, era das músicas mais cantadas nos passeios da escola!! e também nas viagens de carro com os Pais ... eu e os meus primos azucrinávamos os ouvidos aos nosso Pais quando viajávamos uns com os outros, íamos todos no banco de trás a cantar:
Eram uma vez os três
Os famosos moscãoteiros
Do pequeno Dartacão
Tão bons companheiros
Os melhores amigos são
Os três moscãoteiros
Quando em aventuras vão
São sempre os primeiros


E lembras-te daqueles gelados da Olá que eram os bonecos do Dartacão? Durante umas férias no Algarve, lembro-me perfeitamente, eu e o meu irmão pedíamos um gelado todos os dias, no regresso da praia, para coleccionar os bonecos ...
Eu teria uns 10 anos ...


ah, Claudette! as manhãs do Tom Sawyer ... adorava!! Havia um senão ... eu e o meu irmão tínhamos medo do Índio Joe! lol!! ... eu teria uns 9 anos, e tinha medo do Índio Joe! ahahahahaahahah!


ah, Carlota! lembro-me sim!! tinha aí uns 6 anos ... Mas também havia muito drama nesses desenhos animados, hein? era o Bana ou a Flapi que perdia a sua mamã? ... os desenhos animados da nossa infância eram bastante dramáticos! podiam não ser recheados de tiros e explosões, mas tinham violência psicológica q.b.! o Bambi perdia a mamã, o Marco perdia a mamã, o Bana perdia a mamã, credo!!

... e a Candy-Candy? lembras-te?

26 November, 2007 19:03  
Blogger Sinapse said...

:))
Ariadne, lembro-me da Heidi quando estreou na RTP, em 1976 ... lembro-me do genérico, da Heidi e da cabrita branca ... só tinha 3 ou 4 anos ... tenho vagas e longínquas memórias de ver a Heidi na televisão ... lembro-me melhor de um livro enorme que compilava as aventuras todas da Heidi, o livro era dos meus primos Joana e Miguel ... o que eu adorava aquele livro! E eu tinha uma Heidi e um Pedro, com as suas roupas típicas ... lembro-me do saco a tiracolo, do Pedro ... o Pedro tinha um chapéu esquisito e um remendo no joelho ... que pena ter perdido esses bonecos!

Doces recordações de infância!


CITRAG, Welcome to Postais de BXL!
... vê-se mesmo que somos todos da mesma geração! uns anos para trás, uns anos para a frente, mas fomos crescendo com os mesmo desenhos animados!

26 November, 2007 19:06  
Blogger MJ said...

=)))))) O que eu me lembro da Abelha Maia, então da música é quase todas as semanas. Não sei porquê... acho que me traz um sentimento bom :)
Beijinhos

26 November, 2007 21:31  
Blogger RAF said...

Eu detesto a abelha Maia, e fui um dos principais "más linguas" que cantava na universidade aos sete ventos o romance oculto que mantinha com o Calimero.

27 November, 2007 01:05  
Blogger Sinapse said...

ui, o que aí vai!

... mas ó RAF ... cá para mim ... isso é porque vias tudo em espanhol!

;D ;D

27 November, 2007 06:43  
Blogger Sinapse said...

... e do Flash Gordon? gostavas?

27 November, 2007 06:44  
Blogger RAF said...

Gostava do "Naranjito", do "Era uma vez a Terra" e do "Era uma vez o Espaço". Também gostava do Tom Sawyer. Depois, gostava era de jogar futebol, judo, andar de bicla, patins e tocar piano, coisas que fazia com mais frequência do que ver os dois miseráveis canais de televisão que tinhamos na altura.

27 November, 2007 17:15  
Blogger Huckleberry Friend said...

Eu tinha este disco, em single 45 rotações! Mas há outra música da Abelha Maia que ressuscitou na minha memória há uns anos, pelas vozes do Rui Melo e do Nuno Godinho, que tocavam no Xafarix. Era a canção do Vili, amigo da Maia. E rezava assim:

Eu sou Vili, sou dorminhoco
Não gosto de voar e voar
Eu prefiro deitar-me e sonhar
O resto já não me importa
Tudo me é igual

De uma coisa, porém, sou capaz
Eu adoro brincar e brincar
Se me meto nalgum sarilho
Arranjo logo um amigo
Para me salvar

E eu adoro a Maia (Maia!)
Sou tão feliz com a Maia (Maia!)
Ninguém a quer como eu
Ninguém a quer como eu

Juntos passamos os dias (Maia!)
Com a maior alegria (Maia!)
Voando por entre as flores
Num jardim tão cheiro de cores

29 November, 2007 15:19  
Blogger Ariadne said...

E o Vasco Granja com aqueles desenhos animados muito exóticos de países de nomes estranhos e distantes? Lembro-me da sua voz doce e melodiosa com um certo "sss" que me contorcia.
Numa entrevista disse:
"O que é que tinha em mente quando fazia os seus programas, quando seleccionava as animações?

Isso era consoante o tema, e eu também convidava pessoas a participar, miúdos e graúdos.

Mas tinha alguma mensagem que queria fazer passar?

Sim, a mensagem da paz, por exemplo, da não-violência, da cultura. Havia uns do Leste que eram magníficos, e hoje ninguém os vê.

Eu via, e lembro-me de ver alguns muito belos, mas alguns eram incompreensíveis...

Eu às vezes também não entendia (risos). Mas eu não tinha o direito de não gostar. "

29 November, 2007 23:40  

Post a comment

<< Home

Newer›  ‹Older